24 julho 2009

Sobre posts

Acompanho muitos blogs, e sou daquelas que abre quase todo dia pra ver se tem novidade. Ainda tenho que acostumar a usar essas tecnologias pra não precisar abrir sempre e ser avisada quando tem posts novos.
Então fico pensando: deve haver pessoas que também abrem o meu para saber se tem novidades!
E continuo pensando: Poxa, parece mesmo uma lamúria o fato de que, de tempo em tempo, falo que tenho que postar mais vezes nesse blog. Dessa vez não vou falar, nem prometer nada! Pronto.
É por isso que fico mais de 30 dias pra postar trabalhos novos, e de uma vez acabo postando 3, 4, 5 vezes no mesmo dia!
Enfim...
Aqui também se soma o fato de que tenho mesmo um pé atrás(quase os dois) com a possibilidade de que me copiem o trabalho! Acabo sempre selecionando o que publico ou não! E o não tem ganhado muitas vezes!
Há ainda outro ponto que preciso falar: me desculpem os interessados, mas não vendo nenhum dos meus moldes! Faço bonecos de pano há 10 anos. Comecei a fazer porque queria um pra mim, inventei minha primeira boneca. Fiz muitas e muitas mesmo a partir de um único molde que fui colocando cada vez mais do meu jeito. Esse foi o único molde que cheguei a copiar (mas foi publicado numa revista de artesanato muito popular no Brasil).
Aprendi observando: costuro côncavo com côncavo, côncavo com convexo, convexo com convexo, reto com curvilínio e por aí a fora até aprender como podia fazer em pano o que me vinha a cabeça!
Por isso acho que é um trabalho, uma habilidade que eu desenvolvi aos poucos na lida, na luta mesmo, através de desafios. Então, mas uma vez me desculpem: não vendo meus moldes. E fico chateada se me copiarem o trabalho!
vírgula ...

2 comentários:

Dona Castanha disse...

Por supuesto que vc está certíssima, Amanda! Preservar sua originalidade é valorizar seu talento e seu trabalho. Um bjo.

Luciana Conti disse...

Sou testemunha de grande parte do percurso da Amanda. Há oito anos, quando estava grávida de meu primeiro filho, a Amanda fez vários bonecos para o quarto dele. Até hoje, eles fazem a festa do Pedro e do Antônio, que chegou há dois anos e também ganhou bonecos da Amanda. Que ela continue nos regalando com seus bonecos.
Bjs e sucesso sempre.